NIA

Regimento

Regimento do Núcleo de Inovação Acadêmica da Faculdade de Medicina de Itajubá – FMIT



DA NATUREZA


Art. 1º - O Núcleo de Inovação Acadêmica da FMIT (doravante referido como “Núcleo de Inovação”, órgão vinculado à Diretoria Geral, é responsável por estabelecer as Políticas de Inovação identificando, incentivando e monitorando a execução de projetos inovadores com base na legislação e normas institucionais vigentes.


DA ESTRUTURA E ORGANIZAÇÃO


Art. 2º - O Núcleo de Inovação, aprovado em reunião pelo Conselho Superior, é constituído por docentes e/ou técnicos administrativos da Instituição, indicados pela Direção Geral, sendo um dos membros, indicado como coordenador.

Art. 3º - As ações do Núcleo de Inovação têm como órgão regulador o Conselho Superior da Instituição.

Art. 4º - Compete ao Diretor Geral da FMIT:
a) Nomear e exonerar, com a anuência de seus Pares, o Coordenador do Núcleo de Inovação;
b) Solicitar ao Coordenador do Núcleo de Inovação, o seu Plano de Trabalho, acompanhando-lhe a execução;
c) Zelar pela integridade do Núcleo de Inovação.;
d) Encaminhar quando necessário as propostas de ação do Núcleo para aprovação do Conselho Superior.

Art. 5º - Compete ao Coordenador do Núcleo de Inovação:
a) Cumprir as deliberações do Conselho Superior;
b) Convocar e presidir as reuniões do Núcleo de Inovação;
c) Elaborar a pauta das Reuniões;
d) Elaborar e propor ao Conselho Superior o Plano de Trabalho do Núcleo de Inovação e respectiva previsão orçamentária;
e) Elaborar e enviar, a direção geral, o relatório anual das atividades desenvolvidas pelo Núcleo de Inovação;
f) Responsabilizar-se pela preservação do patrimônio do Núcleo de Inovação;
g) Encaminhar o registro de patentes e sua negociação com empresas parceiras;
h) Auxiliar os pesquisadores na elaboração de projetos de pesquisa e na busca de recursos em Agências de Fomento para o seu desenvolvimento;
i) Articular e gerenciar contratos e parcerias entre a FMIT e empresas e organizações de desenvolvimento regionais, nacionais e internacionais;
j) Acompanhar o processo dos pedidos e a manutenção dos títulos de propriedade intelectual da Instituição;
k) Realizar o mapeamento de competências dos colaboradores da FMIT e a manutenção dessas informações;
l) Propor eventos e cursos relativos à inovação;
m) Prospectar projetos de pesquisa na instituição ou na comunidade com potencial à proteção intelectual;
n) Prospectar empresas, organizações e instituições com potencial de interesse nas pesquisas desenvolvidas na FMIT;
o) Promover a cultura da proteção da propriedade intelectual e inovação acadêmica;
p) Assessorar os professores, pesquisadores e alunos da FMIT em aspectos relacionados com produção e gestão da inovação;
q) Incentivar e apoiar a busca de financiamento e de parcerias junto aos setores público e privado;


DAS DISPOSIÇÕES GERAIS


Art. 6º - As questões omissas são resolvidas pelo Conselho Superior.



Itajubá - MG, 20 de junho de 2019